Morte em Cirurgia Plástica

Nas últimas semanas foram divulgados 4 casos de complicações em Cirurgia Plástica. Coincidentemente todas envolvendo lipoaspirações.

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM966609-7823-SAIBA+COMO+OS+MEDICOS+SALVARAM+A+MULHER+DO+CANTOR+USHER,00.html

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,ERT26036-15257-26036-3934,00.html

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1003006-5598,00-FAMILIA+DIZ+QUE+JOVEM+DE+ANOS+MORREU+APOS+LIPO+EM+MG.html


O saldo é alarmante; 2 mortes, uma paciente em coma há 4 meses e outra internada na UTI após uma parada cardiorespiratória. O caso mais célebre, apesar de menos grave, é exatamente este último, por se tratar da esposa do cantor americano Usher.

Por ser o caso mais famoso, o incidente com a esposa do Usher é também o que apresenta mais informações para ser analisado. Ao que parece, a parada cardiorrespiratória foi uma fatalidade. Felizmente, a paciente encontrava-se assistida por uma equipe médica gabaritada e em uma clínica com recursos para proporcionar o atendimento inicial a paciente. Agora, imaginem se ela estivesse fazendo uma lipoaspiração com um médico qualquer, sem o auxílio de um anestesista, em um consultório ou numa clínica de fundo de quintal?





Existe um ditado no meio médico que diz: “só tem complicações quem opera”. Fazendo uma analogia com o velho esporte bretão, é a versão médica do “só perde pênalti quem bate”.

Ato cirúrgico e complicações são indissociáveis. Não há cirurgia, por mais simples que seja, com risco zero de complicação. Dentre as complicações possíveis, a mais temida, obviamente, é a morte.

Infelizmente vivemos em uma época em que a Cirurgia Plástica é banalizada, sendo apresentada ao público, por médicos inescrupulosos, como simples procedimentos cosméticos. Isso faz com que pacientes desconheçam ou menosprezem os riscos envolvidos em uma Cirurgia Plástica.

Não há Cirurgia Plástica sem risco. Naturalmente, os riscos são menores do que em outras áreas cirúrgicas da medicina, uma vez que os pacientes são saudáveis e, em sua maioria, jovens. Um trabalho da American Society of Plastic Surgeons estudou 400.000 Cirurgias Plásticas realizadas nos E.U.A no ano de 2004. Em 0,34% dos casos ocorreram complicações sérias e em 0,0019% óbito (1 a cada 51.549 cirurgias).

O intuito deste post não é amedrontar ninguém, muito pelo contrário, afinal vivo das cirurgias que faço. Porém, todo paciente tem que ter a consciência que Cirurgia Plástica é coisa séria. Envolve riscos, por menores que sejam. Desta forma, a segurança nunca deve ser negligenciada. Por isso que não tenho medo de parecer um disco arranhado ao ficar repetindo a exaustão que se você deseja submeter-se a uma Cirurgia Plástica consulte-se com um Cirurgião Plástico, certifique-se que ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e exija que a cirurgia seja realizada em um centro cirúrgico de uma clínica ou hospital que ofereçam todas as condições necessárias para que o procedimento seja realizado com o máximo de segurança.

Assuntos Relacionados:

- Hidrolipoaspiração, Minilipoaspiração & Lipolight


- Processos Médicos e a “Medicina Estética”


- Resolução Nº 1.711 do CFM

9 comentários:

Anninha disse...

Quero fazer uma lipoaspiração, já me consultei com 2 médicos (tds cirurgiões plásticos) e venho pesquisando os detalhes da cirurgia, que apesar de explicados pelos 2, ainda gosto de pesquisar por conta... Dessa fora encontrei seu blog e achei mto interessante.

Gostaria de que explicasse mais a respeito das possíveis complicações e suas causas, se só fatalidades ou se são passíveis de prevenção (além de bom profissional e cirurgia em hospital).

Obrigada

Dr. Carlos André Meyer disse...

Olá Anninha

Estou preparando um texto sobre o assunto. Em breve o publicarei no blog.

Att,

gisele disse...

oi estou querendo fazer uma abdominoplastia,com mini lipo receitada pela medica na qual me consultei no ultimo dia 1,pesquisei sobre ela,a clinica tudinho sem contar que uma prima realizou a mesma cirurgia,nesse hospital e deu tudo certo,minha pergunta queria saber se necessariamente tenho que ficar com muito medo,pois esses ultimos dias morreram mais duas ,ou me informar bastante para que assim possa fazer uma cirurgia com sucesso,e outra e recomendavel fazer as duas cirurgias juntas o risco almenta,ou e o mesmo por favor me ajude tenho 24 anos e ja tenho uma filha

Dr. Carlos André Meyer disse...

Cara Gisele

Estima-se que em 2009 foram realizadas cerca de 500 mil cirurgias plásticas estéticas. Eventualmente ocorrem complicações, como estas recentes citadas por você.

Riscos existem em qualquer tipo de cirurgia, inclusive em cirurgias plásticas. Acontece que qualquer problema em uma cirurgia plástica é notícia, enquanto que nas outras especialidades cirúrgicas não.

Os riscos em cirurgia plástica são muito pequenos. Veja: 500.000 cirurgias e pouquíssimas complicações fatais.

O dever do paciente é encontrar um cirurgião plástico que passse confiança, que seja membro da SBCP e que a cirurgia seja realizada em clínica ou hospital com toda a infraestrutura para dar suporte a possíveis complicações.

Acho que você não deve ter medo. Cirurgia plástica, quando realizada da forma correta, é extremamente segura.

Att,

Emiria Nancy de Oliveira disse...

emirianancy@hotmail.com

Gostaria de saber o que pode levar a uma PCR durante uma cirurgia plástica?
E se há exames que detectam essa possibilidade?
Uma pessoa com o coração saudável também pode sofrer esse tipo de problema?
Obrigada
Emiria.

Dr. Carlos André Meyer disse...

Cara Emiria

A Parada Cardiorrespiratória é um evento muito raro em cirurgia plástica. Pode ser causada por diversas intercorrências como infarto co miocárdio, arritimias cardíacas, embolia pulmonar, choque hipovolêmico.

Para minimizar aos máximo os riscos de uma cirurgia sempre são realizados exames pré-operatórios, o chamado risco cirúrgico, composto de alguns exames de rotina e algumas vezes outros exames específicos para alguma doença ou histórico familiar que o paciente apresente durante a consulta inicial com o cirurgião plástico.

Att,

Tanto disse...

Carlos,

Adorei o texto sobre cirurgia plástica. Gostaria de colar parte dele no meu blog, se não se importa, obviamente identificando autor e blog. Desde já, agradeço.

Fernando

Dr. Carlos André Meyer disse...

Autorizado Tanto

Obrigado pelo elogio.

Att,

Dr Marcelo Takeshi Ono disse...

parabens pelo seu blog. vou segui-lo se nao se importar.
marcelo